NVR x DVR: entenda as diferenças desses sistemas CFTV

NVR x DVR: entenda as diferenças desses sistemas CFTV

Nos dias atuais, ter um sistema de monitoramento por câmeras, que permite a videovigilância de residenciais e empresas, é imprescindível.

A tecnologia nos fornece sistemas de segurança, nos quais antigamente nem imaginávamos que seria possível. No mercado atualmente, existem três sistemas disponíveis, mas vamos nos deter a dois deles: DVR e NVR.

É interessante lembrar a necessidade de se conhecer as diferenças entre um sistema e o outro. Ambos podem ser úteis para o monitoramento a qual você deseja, porém cada um oferece um objetivo diferente.

Como nós sabemos que escolher pode parecer um pouco difícil, para facilitar todo esse processo, trazemos a diferença entre um sistema DVR e NVR, para que você não perca tempo e saiba bem qual será a melhor escolha.

Sistema DVR

O Digital Video Recorder, em tradução livre é “Gravador Digital de Vídeo”, é em termos de tecnologia, um sistema limitado, ele grava somente imagens de câmeras analógicas em formato digital.

Ele funciona de forma simples, em um sistema de circuito fechado de televisão, o gravador recebe os sinais da câmera analógica, os converte para o formato digital, e antes de gravar os envia pela rede.

Em termos de economia, o DVR acaba sendo o sistema mais atraente para o cliente, visto que para quem busca algo mais acessível no ramo de monitoramento e vigilância, esse projeto supre muito bem e de forma eficaz. Economizando com equipamentos e suas instalações.

Sistema NVR

Em relação ao Network Video Recorder, podemos dizer que ele é praticamente uma evolução natural do, já citado, DVR.

No entanto, além de permitir o monitoramento, ele também possibilita o gerenciamento das câmeras por meio da internet, uma vez que é um sistema exclusivo para gerenciamento de imagens de câmeras IP.

O sistema NVR suporta a entrada de imagens mais pesadas, gravando e reproduzindo imagens até 4K ou 8K, e isso demonstra como houve um avanço significativo nas tecnologias de vigilância, visto que comparado ao DVRs que suporta apenas até 4K e com menor desempenho.

Mesmo sendo uma solução um pouco mais cara, a funcionalidade de monitoramento remoto, é um atrativo e tanto para os consumidores, pelo fato de se poder acompanhar tudo mesmo a distância.

Ela é fundamentada para entregar imagens em dispositivos como computadores e celulares, centralizando imagens de qualquer parte do mundo em um único painel de gerenciamento, e como falamos anteriormente, é facilmente gerenciada de qualquer lugar.

Mas o que diferencia os dois sistemas?

Primeiramente, a diferença entre os dois é a captura e o processamento dos dados de vídeo.

Outra diferença é que, a visualização remota do DVR acontece por meio de uma conversão do sinal analógico da câmera para o sinal digital. Enquanto no NVR, o acesso remoto é direto e não precisa de uma conversão.

Por fim e não menos importante, se você não deseja gastar muito, ou caso não tenha muitos recursos, o sistema DVR se encaixa perfeitamente. Apesar de ser básico, é uma boa escolha, por exemplo, para monitoramento em residências.

Porém, se você busca algo um pouco mais sofisticado, com câmeras permitindo o monitoramento a distância, o NVR é a solução ideal, principalmente para condomínios fechados por necessitar de imagens mais qualificadas.

Entre em contato com nosso time de especialistas e saiba mais sobre nossas soluções em CFTV.

Endereço comercial

RIO DE JANEIRO R. da Alfândega, 81 - 3o Andar
Centro, Rio de Janeiro - RJ
CEP 20070-004
e-mail comercial@ghwesco.comtelefone 21 2131-7662
SÃO PAULO Rua Machado Bitencourt, 361 - Sala 404
Vila Clementino, São Paulo - SP
CEP 04044-001

© GHWesco 2021 - Todos os direitos reservados

Quer saber mais? Fale com um consultor