Acesso com QR Code: conheça suas vantagens e desvantagens

Acesso com QR Code: conheça suas vantagens e desvantagens

Você com certeza já ouviu falar em QR Code, um mecanismo digital ágil e seguro que te permite efetuar pagamentos, utilizar aplicativos de alimentação e transporte, acionar serviços públicos, entre outros benefícios. 

O que significa QR Code e quais são os tipos existentes?

O termo QR Code significa “Quick Response Code”, traduzindo, “Código de Resposta Rápida”. Nesse sentido, a sigla já indica rapidez e modernidade na utilização da ferramenta digital. 

O código foi utilizado, inicialmente, na catalogação veicular. Contudo, hoje ele se expandiu e se tornou útil para o controle de estoque das indústrias, além de ajudar na agilização do comércio como um todo. 

Existem dois tipos de QR Code. Em primeiro lugar, tem-se o modelo estático que é imutável e funciona como etiqueta de preço único. Geralmente, esse tipo é utilizado em pequenos comércios e pequenos servidores. 

Em segundo lugar, tem-se o modelo dinâmico que é específico para transações únicas, ou seja, ele só pode ser utilizado para determinada movimentação uma vez. Nesse aspecto, esse tipo de QR Code é utilizado com frequência no e-commerce. 

Portanto, o código de resposta rápida é mais benéfico em relação ao código de barras. Trata-se de um mecanismo mais completo, flexível e seguro. 

Quais são as vantagens do QR Code?

A ferramenta é fácil de ser utilizada e pode ser feita através de sites e aplicativos que geram o código. Desse modo, qualquer indivíduo pode fazer seu QR Code conforme lhe for útil. 

A tecnologia exige um investimento praticamente nulo em relação à cobrança e controle mediante cartões. Além disso, o cliente precisará apenas de um aplicativo no celular e ficará aliviado com tamanha agilidade e simplicidade no processo. 

Para locais muito movimentados que precisam gerenciar o fluxo de pessoas, o QR Code é essencial. Portanto, a tecnologia para instalar um mecanismo de liberação de catracas via código de resposta rápida é muito barata

Por fim, os gerenciadores de controle não terão que lidar com pessoas perdendo seus cartões de identificação. Desse modo, a redução do custo de manutenção e elaboração de novos cartões é significativa. 

Quais são as desvantagens?

A princípio, um sistema de QR Code sem o modelo dinâmico pode gerar falhas significativas. Assim, falhas na segurança são recorrentes no modelo estático mal gerido. Como, por exemplo, pessoas que não deveriam ter acesso a determinado serviço usufruindo do mesmo. 

Outra desvantagem é o fator impressão. O indivíduo que não possui o QR Code em seu aparelho celular e decide imprimir a ferramenta, pode danificar o papel e inviabilizar a leitura do código. 

A falta de criptografia também é um problema, já que protege a informação e permite que ela seja vista apenas pelo emissor e o receptor do código. 

Quer saber mais sobre essa tecnologia? Conheça a gente!

Agora que você sabe que o QR Code é uma tecnologia que já conquistou o seu lugar, busque conhecimento sobre como utilizar o recurso para facilitar sua vida. Esqueça as dores de cabeça dos cartões e códigos de barra. Visite-nos! 

Palavras-chave: QR Code. Modelo Estático. Modelo Dinâmico. Controle. Agilidade. Comércio. 

Endereço comercial

RIO DE JANEIRO R. da Alfândega, 81 - 3o Andar
Centro, Rio de Janeiro - RJ
CEP 20070-004
e-mail comercial@ghwesco.com.brtelefone 21 2131-7662
SÃO PAULO Rua Machado Bitencourt, 361 - Sala 404
Vila Clementino, São Paulo - SP
CEP 04044-001

© GHWesco 2021 - Todos os direitos reservados

Quer saber mais? Fale com um consultor