5G, IoT, IA: Saiba por que os data centers são uma tendência tecnológica para 2022

5G, IoT, IA: Saiba por que os data centers são uma tendência tecnológica para 2022

Em 2022, veremos uma continuação das tendências do ano passado impactando os datacenters, especialmente desde que a pandemia de COVID e suas consequências continuaram a ter um impacto maior em nossas vidas do que prevíamos no início de 2021.

5G continuará a crescer

Provedores de serviços e empresas privadas continuarão a avaliar as melhores formas de adicionar capacidade aos planos de implantação de 5G. Em termos de impacto no data center, o 5G confere acesso mais rápido às informações e isso impulsionará mais construções de datacenter de ponta. Cada vez mais dados são sensíveis à latência e requerem acesso mais rápido, então o que estamos vendo é a migração da arquitetura de data center de núcleo grande e borda pequena para arquitetura de núcleo menor e borda maior.

IoT continuará a disparar

O crescimento da IoT (Internet of Things) não mostra sinais de desaceleração. Os gerentes estão analisando mais de perto como podem administrar melhor seus negócios – otimizando o envio, por exemplo – e colocar os sensores nos lugares certos pode ajudar nesse esforço.

Quando se trata de habilitar a IoT, tudo volta aos dados. Se você pensar em todos os minúsculos pontos de dados envolvidos em algo tão simples quanto um sensor de porta (quando está aberto, quando está fechado, está trancado ou destrancado, quem destrancou ou trancou) e você multiplica isso pelo número de sensores (temperatura, ocupação, iluminação, uso de água, etc.) são todos os dados que precisam ser armazenados em algum lugar e acessados ​​por um aplicativo ou usuário. A infraestrutura que faz esse trabalho está toda no data center.

Além disso, a explosão nos serviços de streaming de vídeo como um dos principais impulsionadores da tendência datacenters de bordo. De fato, o maior impacto da IoT no data center será nos aplicativos de vídeo – entretenimento, monitoramento de segurança, mineração de dados e segurança, por exemplo. As empresas precisam armazenar esses dados e agir sobre eles em tempo real.

A migração para a nuvem continuará

A escalabilidade e o custo estão levando as pessoas para a nuvem. No final de 2021, a HPE informou que os pedidos ano a ano para sua plataforma de nuvem GreenLake aumentaram 46%, e o crescimento ano a ano da AWS foi de cerca de 40%. Quando você pode alugar algo e dimensioná-lo em dias versus planejar e construir algo em anos, esse é um argumento convincente para a nuvem. A infraestrutura de nuvem pública e privada crescerá. Grandes empresas usarão um modelo híbrido, enquanto empresas menores usarão apenas a nuvem pública.

Confiaremos cada vez mais em IA e AR

Os casos de uso de IA (Inteligência Artificial) e ML (machine learning ou aprendizado de máquina) combinados com realidade aumentada (AR) crescerão rapidamente em 2022. O Facebook anunciou uma mudança de nome e agora está orientando toda a empresa para o metaverso orientado por AR (Augmented Reality ou Realidade Aumentada). O AR também será usado em interfaces, para marketing B-to-C, para vendas, treinamento e aplicativos de serviço.

À medida que você coleta mais dados, precisa de IA para processar esses dados – você não pode mais fazer isso manualmente (pense em reconhecimento facial ou rastreamento de contatos). Em qualquer lugar que você tenha muitos dados complexos, o aprendizado de máquina será aplicado.

Entretanto, o maior risco com a IA é confiar demais nela. Podemos colocar muita ênfase nos algoritmos em vez de garantir que estamos fornecendo dados de alta qualidade.

O uso de fibra monomodo crescerá com a mudança para redes de 400/800 gigabits

A adoção de fibra monomodo acelerou. Embora a fibra multimodo permaneça popular, as implantações de fibra monomodo estão crescendo mais rapidamente do que as implantações multimodo. À medida que avançamos para 400 ou 800 Gbps no data center, vemos mais fibra de modo único implantada, principalmente em data centers de nuvem e hiperescala.

Você pode pensar que estar em 10 Gb ou 100 Gb hoje significa que a transição para 400 Gb está muito distante. Mas se você somar o número de portas de 10 Gb (ou mais rápidas) que você é responsável pelo suporte, verá que a necessidade de migrar para 400 Gb e além não está tão distante.

Estilos de trabalho remotos

O trabalho remoto irá continuar pelo mundo todo. Todo o uso de videoconferência para trabalho, educação e entretenimento em 2021 teve um grande impacto no data center, e vemos essa tendência se expandir em 2022.

Assim, como o 5G, a IoT (Internet of Things), o trabalho remoto e a migração para a nuvem sobrecarregam os data centers, os gerentes de TI compensarão adicionando armazenamento, aproveitando a IA e o ML para processar dados com mais eficiência, construindo data centers de ponta e implantando fibra de modo único para aumentar as velocidades. Apesar dos problemas contínuos da COVID e da cadeia de suprimentos, prevemos muita atividade do data center à medida que os gerentes de TI se adaptam ao novo normal.

Endereço comercial

RIO DE JANEIRO R. da Alfândega, 81 - 3o Andar
Centro, Rio de Janeiro - RJ
CEP 20070-004
e-mail comercial@ghwesco.comtelefone 21 2131-7662
SÃO PAULO Rua Machado Bitencourt, 361 - Sala 404
Vila Clementino, São Paulo - SP
CEP 04044-001

© GHWesco 2021 - Todos os direitos reservados

Quer saber mais? Fale com um consultor